Procurando dicas e alternativas para organizar o financeiro de sua indústria? A Coan Contábil pode ajudar você.

Neste conteúdo, separamos 4 dicas que consideramos essenciais para a organização financeira de toda e qualquer empresa, incluindo as indústrias.

Queremos ajudar você a estruturar e consolidar as finanças dos seus negócios, portanto, não deixe de conferir as dicas apresentadas na sequência. 

1.Registre todas as contas a pagar e a receber

Registrar todas as contas a pagar e a receber é o primeiro passo para organizar o financeiro de sua indústria. 

Conhecer e acompanhar de perto tudo o que a empresa tem a receber e a pagar ao longo do tempo é essencial para sobrevivência no mundo dos negócios.

Para cumprir essa tarefa, utilize um sistema de controle financeiro e implemente uma política interna para registro e lançamento de todas as entradas e saídas de recursos.

Com um financeiro bem estruturado e atualizado, será possível compreender melhor as fontes de receitas da empresa e as suas principais despesas.

Por sinal, com essas informações em mãos, será possível definir estratégias para maximizar receitas ou até mesmo para a redução de custos, melhorando a lucratividade e a saúde financeira dos negócios.

2.Acompanhe o fluxo de caixa

Ao definir estratégias para organizar o financeiro de sua indústria, não deixe o controle de fluxo de caixa de lado.

O fluxo de caixa é um controle que discrimina todos os recursos em dinheiro que entram e saem das contas bancárias da sua indústria.

Acompanhar o fluxo de caixa e a sua evolução é fundamental para garantir que os compromissos assumidos no presente serão honrados no futuro.

Na prática, isso significa que não basta apenas registrar todas as contas a pagar e a receber da sua indústria, também é preciso acompanhar o fluxo de caixa e antes de assumir qualquer despesa ter a certeza de que a empresa poderá arcar com o novo compromisso.

3.Não misture finanças pessoais com empresariais

Misturar as finanças pessoais com as finanças da indústria é um dos erros mais comuns entre proprietários e sócios.

No entanto, é preciso considerar que apesar de comum, esse é um dos maiores riscos relacionados à falta de organização financeira dos negócios.

Não faça retiradas não programadas ou compras pessoais com recursos presentes no caixa da empresa, evite comprometer a saúde financeira e a lucratividade dos seus negócios.

O empresário e seus sócios devem receber um pró-labore mensal, em valor fixo e pré-determinado, depositado em suas contas pessoais, evitando assim, misturar as finanças.

4.Evite contratar empréstimos e financiamentos

Por fim, para organizar o financeiro de sua indústria, evite contrair empréstimos e financiamentos, principalmente para custeio de atividades operacionais e pagamento da folha salarial.

Empresas que contratam empréstimos e financiamentos acabam perdendo quantias significativas com o pagamento de juros.

Ao invés de contratar empréstimos, construa uma reserva financeira ao longo do tempo, reservando mensalmente parte dos lucros em uma aplicação rentável e segura.

Sendo assim, em momentos de dificuldade ou diante da necessidade de realizar um investimento importante, haverá uma fonte de recursos livre de juros disponível.

Para mais dicas, continue acompanhando o blog da Coan Contábil!